Sexta-feira, 8 de Dezembro de 2006

Resultados da SMackdown em Portugal dia 2

O show iniciou-se com Tony Chimel apresentando Teddy Long, que anunciou um Battle Royal de 16 homens para determinar quem poderia lutar mais tarde pelo título de Campeão do Mundo de Batista.

Combate Battle Royal
Participantes: Flash Funk, Kane, MVP, Mr. Kennedy, Finlay, Paul London, Brian Kendrick, William Regal, David Taylor, Chris Benoit, Sylvan, Tatanka, Chavo Guerrero, Vito, Gregory Helms e Jimmy Wang Yang
Depois de um início sem muitas eliminações, elas foram-se sucedendo rapidamente até terem ficado Kane e Benoit sozinhos contra um grupo de heels. Kane acabou por sobreviver a todos, mas Finlay, que se encontrava fora do ringue sem ter sido eliminado, acabou por regressar com a shillelagh, com a qual atingiu o Big Red Monster, que seguidamente atirou por cima da corda superior.
Vencedor: Finlay

Combate de Divas
"Bombshell" Jillian Hall vs. Layla
Vitória de Layla por Roll Up, num combate onde ambas trabalharam bastante com o público.
Vencedora: Layla

Combate de equipas de 3
Flash Funk & Paul London & Brian Kendrick vs. Chavo Guerrero & William Regal & David Taylor
No início, os heels viram-se em alguma dificuldade, sendo obrigados a correr várias vezes de joelhos para o seu canto e abraçado-se ao companheiro mais à mão (piadinha que quem viu entende...). No entanto, controlaram a maioria do combate, sempre castiando Paul London. No final, este conseguiu o tag, e Brian Kendrick acabou por atingir a vitória sobre David Taylor.
Vencedores: Flash Funk & Paul London & Brian Kendrick

Combate Triple Threat pelo título de Campeão Cruiserweight
Gregory Helms (c) vs. Jimmy Wang Yang vs. Funaki
Combate em que os adversários tiveram todos oportunidade para se mostrarem uns contra os outros. O campeão mostrou a sua boa quantidade de manobras ofensivas (muitas arrancaram aplausos do público), Funaki a sua intensidade, e Yang excelentes manobras aéreas e golpes espectaculares. Mas, no final, foi Helms quem garantiu a vitória sobre Funaki quando Yang se encontrava fora do ringue.
Vencedor, e ainda Campeão: Gregory Helms

Combate de singulares pelo título de Campeão dos EUA
Chris Benoit (c) vs. Tatanka
Benoit teve noite complicada perante um Tatanka lento, mas com grande quantidade de prisões executadas sobre o canadiano. Ainda assim, conseguiu a vitória por desistência após um Crippler Crossface.
Vencedor, e ainda Campeão: Chris Benoit

Seguidamente, Tony Chimel veio ao ringue oferecer t-shirts, fazer publicidade aos artigos para venda, e anunciar o intervalo.

Combate de singulares
Sylvain vs. Vito
Vito trabalhou muito bem o público, conseguindo grandes reacções. Sylvain conseguiu o mesmo pela negativa, e bastou-lhe falar francês. O combate foi bom e dividido, com Sylvain a conseguir a vitória por Roll Up apoiado nas cordas.
Vencedor: Sylvain

Após o combate, Sylvain tentou escapar-se, mas Vito foi atrás do canadiano, trouxe-o de volta ao ringue, e aplicou-lhe o seu golpe de submissão debaixo do vestido. Depois, o "homem mais duro a usar vestido" abandonou o ringue, as luzes apagaram-se, e quando se voltaram a acender lá estava Boogeyman, pronto a fazer o seu número. Depois de despoachar Sylvan, comeu minhocas, rodou sobre o corpo do embaixador do Quebec, e saiu a correr de maneira peculiar.

Combate Handicap
Kane vs. MVP & Mr. Kennedy
"Power Ranger" foi um nome que por muitas vezes se ouviu das bancadas, confundindo-se com um outro com sonoridade semelhante, e também referido, "Undertaker". Mas descansem, o Deadman não fez nenhuma aparição especial. Foi um combate em que MVP e Kennedy funcionaram verdadeiramente como equipa, mas isso ainda assim não foi suficiente. Kane acabou por conseguir a vitória após um Chockeslam sobre Kennedy.
Vencedor: Kane

Combate de singulares pelo título de Campeão do Mundo
Batista (c) vs. Finlay
No início do combate, Batista dominou, mas depois Finlay começou a trabalhar o seu braço esquerdo, e o Animal não foi mais o mesmo. Ainda assim, William Regal e Dave Taylor tentaram intervir, Finlay chegou mesmo a expor um canto do ringue para com isso distrair o árbitro e atingir Batista com uma cadeira, mas nada chegou. Batista esteve imparável como de costume. Acabou com Finlay com um Batista Bomb para delírio do público.
Vencedor, e ainda Campeão: Batista

suck it by: WWE-Xtreme às 12:43
link do post | comentar | favorito
Wrestling Impact o teu site de wrestling!